.posts recentes

. Navegue no site oficial d...

. O meu ecoponto

. Red List - Espécies Ameaç...

. Quercus defende reutiliza...

. Centrais de dessalinizaçã...

. Relatório Anual do Sector...

. Um ano depois...

. Principais dados estatíst...

. Eco-eficiência

. Aventuras no Planeta das ...

.arquivos

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2005
Biogás

A Amarsul é um dos centros de tratamento de resíduos sólidos urbanos existente em Portugal.
Localizada na margem sul do Tejo, a empresa está a transformar o nosso lixo em energia eléctrica. Isto é possível porque os gases libertados pelo lixo, quando são depositados em aterros sanitários, são reaproveitados e transformados em electricidade. A matéria-prima utilizada neste processo é o Biogás, uma fonte de energia renovável constituída por metano, dióxido de carbono e um conjunto de outros gases em pequenas quantidades.
Por dia chegam toneladas de lixo à Amarsul e é nos aterros que se deposita aquilo que para nós não tem nenhum valor. Os resíduos sólidos são depositados em células especialmente preparadas e isoladas por telas de polietileno de alta densidade, que evitam qualquer tipo de contaminação dos solos.
Depois, são tapados com terra para não existir nenhum tipo de contacto com a atmosfera. Longe dos olhos de todos, e tapadas pela terra, colónias de microrganismos que não necessitam de oxigénio para sobreviver, desenvolvem-se nas células repletas de lixo. É nestas condições adversas que surge o Biogás, devido à degradação da matéria orgânica, que constitui parte dos resíduos sólidos urbanos, e por acção dos microrganismos referidos.
O Biogás é captado através de tubagens que o transportam até ao módulo de regulação. Aqui controla-se a quantidade de biogás extraído e identificam-se os seus componentes. Consoante a quantidade de metano extraído, o gás principal para produzir energia, as válvulas de captação podem ser abertas ou fechadas.
Tudo é controlado através de computador mas o papel do técnico continua a ser fundamental para monitorizar o funcionamento do sistema. Uma das principais preocupações é gerir bem a quantidade de metano injectado nos motores geradores.
A energia química do Biogás é transformada em energia mecânica do motor que por sua vez a transforma em energia eléctrica. Esta será exportado para a Rede Eléctrica Nacional.
Se uma  família consumir cerca de 3 megawatts de energia por ano, a energia exportada será suficiente para abastecer cerca de 5000 famílias. Na Amarsul, a produção diária aproxima-se dos 40 Megawatts. Um número que poderá aumentar porque a empresa está agora a dar novos passos nos processos de extracção de Biogás. Habitualmente, o Biogás só é extraído dos poços e células seladas e sem qualquer contacto com o ar, mas a empresa iniciou a extracção na nova célula onde ainda estão a ser depositados resíduos sólidos urbanos.
Esta é uma forma de evitar que o Biogás seja emitido para atmosfera provocando o efeito de estufa: enviá-lo para os cabos de alta tensão que levam a energia eléctrica até às nossas casas.


Fernando Paula
Artigo retirado do site http://2010.flmid.com


 

publicado por nelsonfq às 18:13
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds