.posts recentes

. Navegue no site oficial d...

. O meu ecoponto

. Red List - Espécies Ameaç...

. Quercus defende reutiliza...

. Centrais de dessalinizaçã...

. Relatório Anual do Sector...

. Um ano depois...

. Principais dados estatíst...

. Eco-eficiência

. Aventuras no Planeta das ...

.arquivos

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2005
Pilhas de Combustível

O hidrogénio, além de ser o elemento mais abundante no Universo, existindo em 90% de toda a matéria, é mais energético que o petróleo e tem um processo de combustão completamente limpo, pois origina vapor de água.


As pilhas de combustível convertem a energia do hidrogénio em electricidade. Estas pilhas têm uma série de unidades de reacção. Cada unidade consiste numa membrana sofisticada que separa dois canais: num canal está o gás hidrogénio e no outro o gás oxigénio.

Quando o hidrogénio é excitado por catalizadores químicos, cada átomo liberta um electrão e o ião resultante (H+) passa através da membrana que separa os canais. Do outro lado, dois iões de hidrogénio combinam-se com um átomo de oxigénio e formam água. Os electrões percorrem um longo caminho e passam pelo colector de energia gerando electricidade.


As pilhas de combustível já são utilizadas em autocarros movidos a hidrogénio com um motor eléctrico (por ex. os H2 Bus). Estes veículos são ecológicos pois não poluem o ar (libertam vapor de água) e estimulam a produção de energias alternativas. Assim, pode-se libertar a Europa da dependência dos combustíveis fósseis e contribuir para a diminuição de emissões poluentes estipulada no Protocolo de Quioto.


A alta capacidade explosiva do Hidrogénio é o principal receio, por isso, a construção dos autocarros obedeceu a critérios especiais. Os depósitos de hidrogénio gasoso e as pilhas que produzem energia para o motor eléctrico estão localizados no tejadilho do autocarro por questões de segurança. Deste modo, se existir uma fuga, o hidrogénio sobe na atmosfera pois é um elemento muito leve. O abastecimento também requer cuidados especiais: primeiro é preciso fazer uma ligação à terra e só depois se pode encher o depósito.


Em Portugal, a produção de hidrogénio é feita numa fábrica em Alenquer com recurso à electrólise da água.


Artigo retirado do site http://2010.flmid.com



Ver também os sites:


http://abae.pt/jra/concurso04


http://www.fuel-cell-bus-club.com (Projecto CUTE)


http://www.celulaacombustivel.com.br


 

publicado por nelsonfq às 14:19
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds