.posts recentes

. Navegue no site oficial d...

. O meu ecoponto

. Red List - Espécies Ameaç...

. Quercus defende reutiliza...

. Centrais de dessalinizaçã...

. Relatório Anual do Sector...

. Um ano depois...

. Principais dados estatíst...

. Eco-eficiência

. Aventuras no Planeta das ...

.arquivos

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2005
Arquimedes (287 a.C. - 212 a.C.)
arquimedes.jpg </p>

Arquimedes nasceu em Siracusa, na ilha Sicília. Este ilustre matemático grego realizou grandes descobertas nas áreas da geometria, hidrostática, astronomia e mecânica óptica. Foi autor de vários projectos de máquinas de guerra concebidas para defender Siracusa e foi morto quando os romanos invadiram a cidade.


A Arquimedes ficou a dever-se uma lei sobre a deslocação de fluidos, designada por «princípio de Arquimedes». Pensa-se que este princípio foi descoberto quando foi aos banhos públicos e viu a água a transbordar, então ficou tão entusiasmado que correu para casa nu, a gritar: «Eureka! Eureka!» («Descobri! Descobri!»).
Este princípio foi utilizado por Arquimedes para demonstrar as suspeitas do rei Hieron II de que o ourives do reino tinha adulterado a sua coroa, com ouro e prata.


Arquimedes concebeu um modelo mecânico planetário que demonstrou o movimento do Sol, da Lua e dos planetas e, possivelmente, das constelações no céu.


Escreveu muitos tratados matemáticos, alguns dos quais chegaram aos nossos dias, sob formas alteradas de tradução árabe. Arquimedes investigou o valor de <pi>, através de aproximações. Dedicou-se à forma de exprimir números muito grandes, através de uma notação especial. Foi autor de métodos de resolução de equações cúbicas; de determinação de raízes quadradas por aproximação e de fórmulas de cálculo de áreas de superfícies e volumes de sólidos.


Dedicou-se ainda a demonstrar matematicamente descobertas feitas pela experiência e pela observação, o que viria a tornar-se, na alta Renascença, o método da ciência moderna. Por exemplo, a alavanca já era utilizada por outros cientistas, mas foi Arquimedes quem demonstrou, através da matemática, que a força aplicada para erguer a carga é inversamente proporcional à razão das distâncias da força e da carga ao fulcro da alavanca.

Artigo retirado da Biblioteca Universal da Texto Editores

</blockquote>
publicado por nelsonfq às 13:58
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds